Departamento de Cultura e Eventos
  • Centro de Cultura e Eventos recebe duas novas exposições este mês

    Publicado em 04/10/2018 às 09:33

    O Hall e o Espaço Expositivo do Centro de Cultura e Eventos – Reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo recebem as exposições “Floripa: Magia, Cores e Encantos!” do artista Marcos Felipe Ravazzoli e as pinturas da artista Débora Raizer.  As fotografias de Marcos Felipe estarão expostas até o dia 26/10, e as obras de Débora Raizer ficam até o dia 29/10. As duas exposições podem ser visitadas gratuitamente de segunda à sexta-feira, das 08h às 20h.

    Sobre a Exposição Floripa: Magia, Cores e Encantos!

    A natureza em sua exuberância é o tema da maioria das fotos de Marcos Felipe Ravazzoli. A sensibilidade na composição da fotografia e a paciência ao aguardar o momento certo do click são suas marcas. Frequentador assíduo de trilhas, poucos são os locais ainda não explorados e registrados por suas lentes na Ilha. Como o próprio fotógrafo destaca, “cada retorno, a caminhos outrora explorados, traz sempre novos momentos, novas luzes, novos animais e, claro, novas inspirações; a riqueza natural e de cenários em Florianópolis parecem não esgotar as possibilidades de registros”.

    Sobre o artista

    Apaixonado pela natureza, o fotógrafo Marcos Felipe Ravazzoli encontrou em Florianópolis, além de um local para viver, um vasto e inspirador cenário para os mais diversos registros tanto em terra, como no mar.

    Natural de Porto Alegre/RS, Marcos morou por sete anos em Fortaleza/ CE, dois anos em Londres e vive há seis anos na Ilha. Conforme reiteradas manifestações, é aqui que o fotógrafo deseja passar o resto de sua vida. Na exposição “Floripa: magia, cores e encantos!”, o autor procurou, através da busca em seu arquivo pessoal, selecionar uma pequena amostra de suas saídas fotográficas na capital catarinense, tendo sempre a natureza como destaque.

    Sobre Débora Raizer

    A artista plástica Débora Raizer já rabiscava desde a sua adolescência desenhos que evoluíram para os trabalhos em tela. Muito por influência de sua mãe também artista plástica. Nascida em Rio do Sul/SC, formada em Direito na FURB mesmo assim não deixando de lado a pintura em telas, porcelanas e cerâmica; colecionando premiações em dois destes segmentos.

    Na atual fase a artista plástica faz um resgate da beleza e poesia entre o urbano e a natureza, assim, com seus traços fortes como sua personalidade e um colorido vibrante como acredita que tenha de ser a vida, exterioriza com profundidade seus sentimentos. “Nesta fase retrato através de cores vivas o meio ambiente, enfim, tudo que nos rodeia e nos cerca nos fazendo sentir vivos, o urbano, a fauna, a flora, a água, o céu, passando poesia aos olhos de quem observa o movimento. A intuição leva a mistura de alguns estilos.”

    A artista além de executar trabalhos sob a ótica dos 3Rs da sustentabilidade: Reduzir, Reutilizar e Reciclar utilizando garrafas e resíduos de madeiras, também desenvolve em outro segmento um trabalho personalizado junto a designers e decoradores que conforme o ambiente a ser trabalhado consegue com sua sensibilidade, elaborar em parceria com o cliente peça exclusiva para o mesmo.

    Serviço 1

    O quê: Exposição “Floripa: Magia, Cores e Encantos!”
    Onde: Hall do Centro de Cultura e Eventos
    Quando: do dia 02/10 ao dia 26/10
    Informações: (48) 99970-2929 | mfravazzoli@hotmail.com

    Serviço 2

    O quê: Exposição “Débora Raizer”
    Onde: Espaço Expositivo do Centro de Cultura e Eventos
    Quando: do dia 02/10 ao dia 29/10
    Rede social: Atelier de Arte Débora Raizer
    Informações: (48) 3721.8718 | andrea.ventura@ufsc.br


  • Distribuição de ingressos cortesia para o Show Sandy – Meu Canto, no dia 23 de setembro

    Publicado em 14/09/2018 às 13:32

    A Secretaria de Cultura e Arte da UFSC – SeCArte comunica que serão disponibilizados no dia 19/09/2018 (quarta-feira), a partir das 08h30, na varanda da entrada principal do Centro de Cultura e Eventos (piso térreo), 100 (cem) ingressos cortesia para os estudantes da UFSC, referente ao Show Sandy – Meu Canto, previsto para o dia 23 de setembro, no Auditório Garapuvu do Centro de Cultura e Eventos – Reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo da UFSC.

    Os ingressos serão concedidos mediante entrega do atestado de matrícula impresso e atualizado (2º semestre/2018), constando que o aluno está regularmente matriculado e apresentação da carteira de identidade (RG). Serão disponibilizados 100 (cem) ingressos distribuídos por ordem de chegada. Cada estudante tem direito a retirar 1 (um) ingresso. Não será permitida a retirada de ingresso com documentação de terceiros.

    Os shows pagos não são produzidos pela UFSC, havendo apenas a cobrança do aluguel referente ao espaço. A contrapartida para a UFSC se dá pela liberação dos 100 (cem) ingressos aos estudantes e da integralidade do valor do aluguel deste espaço que vem a ser utilizado em projetos culturais e manutenção do Centro de Cultura e Eventos, conforme o Edital 003/SeCArte/2018.

    Serviço:

    O que: Distribuição dos ingressos cortesia – Show da Sandy – Meu Canto
    Quando: 19/09/2018 – quarta-feira
    Horário: 08h30 – por ordem de chegada
    Onde: varanda da entrada principal do Centro de Cultura e Eventos (piso térreo)
    Informações: Departamento de Cultura e Eventos – DCEven – 3721-3858


  • Exposições Cores do Rock e Música de Preto no Espaço Expositivo do Centro de Cultura e Eventos

    Publicado em 10/09/2018 às 10:19

    O Hall do DCEven e o Espaço Expositivo do Centro de Cultura e Eventos – Reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo da UFSC recebem, as exposições Cores do Rock e Música de Preto, do ilustrador, caricaturista, cartunista e designer gráfico Cláudio Duarte. As imagens ficarão expostas até o dia 28 de setembro, das 08h00 às 20h00.

    Sobre as Exposições 

    A exposição é uma coletânea de retratos de artistas clássicos da música mundial como Janis Joplin, David Bowie, Bob Marley, Amy Winehouse entre outros, através da arte cartunista do autor, que, pela memória da música cujos artistas marcaram época, nos faz viajar entre as cores, sejam elas vivas nas suas infinitas tonalidades, ou em tons de cinza, que não tiram a vida das obras, pelo contrário: nos coloca em reflexão.

    Sobre o Artista

    Cláudio Duarte traz em seu currículo experiências em algumas revistas como a Fatos e a Manchete e no jornal O Globo. Tem trabalhos publicados pelas editoras Abril, Record, Rocco, Objetiva, Salamandra e Vozes, e conquistou prêmios internacionais, entre eles, medalha de ouro e prata pela The Society for News Desing, e, no Brasil, o prêmio ESSO na categoria de artes gráficas em 2001.

    Serviço 

    O quê: exposições Cores do Rock e Música de Preto
    Quando: de 05/09 até 28/09, das 08h00 às 20:00
    Quanto: gratuito
    Onde: Espaço Expositivo do Centro de Eventos
    Mais informações: site – espacoarte.paginas.ufsc.br  |  telefone – (48) 98837-7406

     


  • SeCArte lança edital do Espaço Vivo 2019

    Publicado em 30/08/2018 às 08:51

     

    A Secretaria de Cultura e Arte (SeCArte), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) abre inscrições de projetos para o Edital Espaço Vivo 2019, destinado a ocupação dos espaços no Centro de Cultura e Eventos – Reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo e Auditório da Reitoria, para datas disponíveis entre 04 de fevereiro de 2019 a 20 de dezembro de 2019.

    Neste edital serão recebidos projetos que envolvam eventos acadêmicos, científicos, culturais, educacionais e artísticos, realizados por docentes, discentes ou técnicos-administrativos da UFSC, integrantes do quadro de pessoal permanente da UFSC, no efetivo exercício de suas atividades, discentes regularmente matriculados.

    As inscrições poderão ser feitas gratuitamente de 29 de agosto a 28 de setembro de 2018, e só serão avaliadas as propostas apresentadas por meio do Sistema de Reserva de Espaço Público da SeCArte, no site: reservasespacos.sistemas.ufsc.br.

    Acesse: Edital Nº 005/SeCArte/2018

    Cronograma:

    Lançamento do edital: 29 de agosto de 2018;
    Inscrições: 29 de agosto a 28 de setembro de 2018;
    Divulgação do resultado: 11 de outubro de 2018;
    Execução dos projetos selecionados: 04 de fevereiro de 2019 a 20 de dezembro de 2019.

    Informações: Departamento de Cultura e Eventos – DCEven | reservas.dceven@contato.ufsc.br | (48) 3721-6486


  • Exposição Exprimível do vazio – Fragmentos, de Juliana Hoffmann no Centro de Cultura e Eventos Reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo

    Publicado em 06/06/2018 às 10:20
      

    O Espaço Expositivo do Centro de Cultura e Eventos Reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo recebe a partir desta semana a exposição “Exprimível do Vazio – Fragmentos” da artista Juliana Hoffmann. As obras permanecem em exibição  até o dia 29/06  de 2ª a 6ª feira, das 08h às 20h.

    Sobre as obras

    As obras de Juliana Hoffmann estão envoltas pela memória, em um movimento de repetição e diferenciação, por onde as imagens retornam, modificam-se e ressignificam-se em cada composição. Nesse atravessamento, a artista vem construindo, ao longo de sua trajetória, obras que partem do repertório do vivido.

    Em sua nova exposição, Exprimível do vazio, Juliana foge das telas, pinturas, fotografias e imagens postas, para transitar entre composições que partem de livros corroídos e transformados pelo tempo. Continua a trabalhar com a reminiscência, mas por nova materialidade carregada de intervalos-vazios como marca.

    Por trás dessa nova série, percebe-se a base literária da infância, que permeia a vida da artista. Juliana traz essa informação que ficava lá, oculta em seu passado, como referência para construir novas obras-paisagens-retratos-ficções, que estão presentes na série. Os personagens desse enredo diluem-se em palavras e lacunas, a língua inglesa, que se tornou marca para a família, como profissão dos pais, irmãs e da artista; em sua vivência diária entre a língua estrangeira e a natal, estas entrelaçam essa nova série que reverbera novas estratégias para falar, ou calar, aquilo que retorna como um sempre outro.

    O que se reconhece de íntimo em sua produção nessa nova série de livros corroídos pelas traças e instalações é a memória, que retorna como meio e conceito, mostrando-se embaçada e perfurada, carregada de vazios, que se tornam a potência do trabalho. As linhas vermelhas que percorrem algumas obras é marca de trabalhos anteriores da artista, tentativa de retenção da memória através das amarras, para que nem tudo se esvaia.

    Texto de Juliana Crise

    Sobre a Artista

    Juliana Hoffmann nasceu em 1965, no interior de Santa Catarina, em Concórdia. Ainda na infância, interessou-se pela Arte. Entre individuais e coletivas, a inserção de Juliana no cenário artístico vem desde 1982; com apenas 16 anos, realiza sua primeira exposição.

    A artista expôs em diversas cidades catarinenses, em São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul e Brasília. Internacionalmente, na Itália, França, EUA, Argentina, Holanda e Espanha. Realizou residências artísticas: na França, em 2007, nos Estados Unidos, em 2008, Prêmio Aliança Francesa (2015) – residência em 2016, e na Espanha, em 2016.

    Serviço

    O quê: Exposição Exprimível do Vazio – Fragmentos
    Onde: Espaço Expositivo do Centro de Cultura e Eventos Reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo
    Quando: de 04 a 29 de junho – segunda a sexta-feira, das 08 às 20 horas
    Contato:  jnhoffmann@gmail.com
    Mais informações: (48) 3721-8718 ou andrea.ventura@ufsc.br