Departamento de Cultura e Eventos
  • Distribuição de ingressos cortesia para o Show de Diogo Nogueira no dia 13 de maio

    Publicado em 05/05/2017 às 16:15

    A Secretaria de Cultura e Arte da UFSC – SeCArte comunica que serão disponibilizados no dia 10/05/2017 (quarta-feira), a partir das 08h30, na varanda da entrada principal do Centro de Cultura e Eventos (piso térreo), 100 (cem) ingressos cortesia para os estudantes da UFSC, referente ao Show Diogo Nogueira, previsto para o dia 13 de maio, no Auditório Garapuvu do Centro de Cultura e Eventos da UFSC.

    Os ingressos serão concedidos mediante entrega do atestado de matrícula impresso e atualizado (mês de maio), constando que o aluno está regularmente matriculado e apresentação da carteira de identidade (RG) do estudante. Serão disponibilizados 100 (cem) ingressos distribuídos por ordem de chegada. Cada estudante tem direito a retirar 1 (um) ingresso. Não será permitida a retirada de ingresso com documentação de terceiros.

    Informamos ainda que, os shows pagos não são produzidos pela UFSC, havendo apenas a cobrança do aluguel referente ao espaço. A contrapartida para a UFSC se dá pela liberação dos 100 (cem) ingressos aos estudantes e da integralidade do valor do aluguel deste espaço que vem a ser utilizado em Projetos Culturais e manutenção do Centro de Cultura e Eventos, conforme o Edital 005/SeCArte/2016.

    Serviço:
    O que:
     Distribuição dos ingressos cortesia – Show Diogo Nogueira
    Quando: 10/05/2017 – quarta-feira
    Horário:
     08h30 – por ordem de chegada
    Onde: varanda da entrada principal do Centro de Cultura e Eventos (piso térreo)
    Informações: Departamento de Cultura e Eventos – DCEven – 3721-3858

     


  • Distribuição de ingressos para Show “The Platters” segue até sexta-feira

    Publicado em 04/05/2017 às 11:55

    Foto: divulgação

    A Secretaria de Cultura e Arte (SeCArte) da UFSC comunica que os 100  ingressos referente ao show The Platters, previsto para o dia 6 de maio, no Auditório Garapuvu, disponibilizados aos alunos por meio do  Edital 005/SeCArte/2016 não foram retirados na sua totalidade. Alunos, docentes e técnicos-administrativos interessados podem retirar o ingresso cortesia nestas quinta e sexta-feiras, 4 e 5 de maio na Secretaria do Departamento de Cultura e Eventos, localizada no Centro de Cultura e Eventos da Universidade, em Florianópolis.

    Para os alunos, os ingressos serão concedidos mediante entrega do atestado de matrícula impresso e atualizado, referente ao mês de maio, com a informação de que o aluno está regularmente matriculado, e apresentação da carteira de identidade (RG). No caso dos TAEs, cópia do contracheque e apresentação do RG. Os ingressos serão distribuídos por ordem de chegada. Cada estudante, docente ou técnico-administrativo tem direito a retirar um ingresso. Não será permitida a retirada de ingresso com documentação de terceiros.

    A equipe da SeCArte informa que os shows pagos não são produzidos pela UFSC, apenas com cobrança do aluguel referente ao espaço. A contrapartida para a UFSC se dá pela liberação dos 100 ingressos aos estudantes e da integralidade do valor do aluguel deste espaço, utilizado em Projetos Culturais e manutenção do Centro de Cultura e Eventos, conforme o Edital.

    Serviço:

    O quê: Distribuição dos ingressos cortesia – Show The Platters
    Quando: 4 e 5/5/2017 – quinta-feira e sexta-feira
    Horário:
     das 9h às 17h – por ordem de chegada
    Onde: Secretaria do Departamento de Cultura e Eventos

    Mais informações: Departamento de Cultura e Eventos – DCEvem – (48) 3721-3858


  • Projeto Música no Lago recebe Samba Café Livre dia 25 de maio

    Publicado em 03/05/2017 às 12:30

    Foto: divulgação

    Na quinta-feira, dia 25 de maio, às 12h30, no laguinho da UFSC, acontece mais uma apresentação do projeto Música no Lago. Nesta edição, o projeto recebe Samba Café Livre, banda que surgiu em 2016 com a proposta de tocar músicas já consagradas e repertório autoral. Tem um repertório que inclui samba de raiz, baião, ijexá e outros ritmos brasileiros. Os integrantes, naturais de diferentes regiões do país, misturam os temperos da flauta, cavaquinho, violão, percussão e vozes e assim compartilham gosto, prazer e alegria. As influências e referências são Adoniran Barbosa, Paulinho da Viola, João Bosco, Dorival Caymmi, Elza Soares, Gilberto Gil, e, entre estes e os mestres, composições próprias.

    É composto por Amanda Moreira (voz e escaleta), Leonardo Arquimedes (violão de sete cordas), Lucas Madeira (flauta e cavaquinho) e Marina Braga (percussão e voz). Cada integrante vem de áreas distintas do conhecimento, respectivamente psicologia, matemática, arquitetura e teatro. Com essa pluralidade, o grupo se uniu em torno da música. O grupo tem tocado em diversos bares e eventos particulares em Florianópolis e busca com o projeto Música no Lago difundir música brasileira e autoral de qualidade. Especialmente para o Projeto Música no Lago, serão apresentadas músicas intercaladas com alguns poemas de Carlos Drummond de Andrade.

     

    Sobre os integrantes

    Foto: divulgação

    Amanda Moreira, natural de Belém do Pará, sempre teve a veia musical muito presente em sua vida desde a infância, momento em que iniciou seus estudos em teoria musical e piano no Instituto Estadual Carlos Gomes (IECG) aos seis anos de idade. Foi também integrante do coral infanto-juvenil do Centro Cultural Brasileiro Estados Unidos em 2005 sob a regência do professor de canto lírico Vanildo Monteiro. Em 2012, dedicou-se aos estudos teóricos e práticos das artes cênicas com o Grupo de Teatro da Universidade Federal do Pará (GTU – UFPA), onde também entrou em contato com a música e vocalizações e com o qual realizou apresentações do espetáculo Ao Vosso Ventre, de direção de Kauan Amora. Atualmente, reside em Florianópolis (SC), onde realiza aulas particulares de canto e violão desde 2016. Participa dos grupos Choro de Quinta e Samba Café Livre, além de se fazer presente nas diversas rodas de choro e demais rodas artísticas da cidade. Trata-se de uma apaixonada pela música brasileira, especialmente pelo samba, choro e pelo baião. Embora influenciada por cantores como Elis Regina, Clara Nunes, Ademilde Fonseca, Ney Matogrosso e Elza Soares, Amanda não perde seu estilo único e seu sotaque paraense ao cantar.

    Leonardo Arquimedes é natural de São Paulo/SP, começou a tocar violão aos 14 anos, e logo aos 15 já fazia parte de duas bandas. Uma das bandas cover de pagode dos anos 90, outra de rock, alternando em músicas autorais e os clássicos do punk, grunge e heavy metal. Após 3 anos nessas bandas, foi fazer faculdade em São Carlos onde formou grupos de samba e participou de uma orquestra de violões. Em 2009 se muda para a Califórnia, onde montou ali grupos de blues e jazz. De volta ao Brasil, vem morar em Florianópolis onde se engaja em vários projetos: Orquestra de Choro da ELM Campeche, grupo Samba Café Livre e projetos ligados à música tradicional do carimbó. No grupo Samba Café Livre toca o violão de 7 cordas e suas composições são parte do repertório.

    Lucas Madeira é natural de Florianópolis/SC, se formou em flauta transversal no Conservatório de Música Popular de Itajaí (2011), sob orientação do Profº Felipe Moritz. Participou de diversas edições de festivais de música popular em Itajaí, Curitiba e Florianópolis. Foi integrante da Banda do Salesiano e Banda Sinfônica da UNIVALI, tendo se apresentado pelo Vale do Itajaí e em uma turnê pela Europa (2009). Sempre atuou em vários grupos de música popular da região, tendo participado das gravações de alguns CDs. Morou um ano na Alemanha (2014), onde se apresentou em Karlsruhe, Pforzheim e Sindelfingen. Tem explorado um repertório de música clássica no duo com seu irmão e violonista Bruno Madeira. É graduando de Arquitetura e Urbanismo na UFSC (2013-), além de membro das orquestras: Experimental do IFSC, de Câmara da UFSC e de Câmara de Florianópolis, com a qual participou do 20º Encontro de Jovens Músicos no Chile (2017). Integra os grupos Choro de Quinta e Samba Café Livre, o último com uma proposta de música brasileira e autoral.

    Marina Braga é natural de Belo Horizonte, atriz há 17 anos, participou de dois grupos de teatro (Puxadin de Teatro 2002-2009, (IN)Sanidades 2010-2013) e 9 espetáculos de teatro e dança. É graduada em Licenciatura em Teatro (UFMG 2012) e Bacharelado em Atuação (UFMG 2014), tem o título de Bacharelado Artístico pelo Institut Maragall (Barcelona 2005) e, em 2016, se mudou para Florianópolis para cursar o Mestrado em Teatro no PPGT da UDESC. Além de atriz e pesquisadora, é professora de teatro, artes e espanhol, preparadora corporal, iluminadora e produtora cultural. Sua experiência musical perpassa o convívio com irmãos músicos (violão, guitarra, viola mineira e baixo), aulas de canto e percussão durante as séries do Ensino Fundamental, onde fez parte do coral da escola e da formação da banda de percussão Batuks. Seu interesse pela música esteve muito atrelado às potencialidades do som e da voz para a cena, tendo composto músicas e organizado trilhas e sonoridades de alguns espetáculos do qual participou como atriz. Em sua formação está presente a Capoeira Angola (desde 2009) cuja prática se insere em sua investigação de teatro e dança e possibilita uma experiência musical e vocal segundo referenciais da cultura afrodescendente brasileira. Ao longo dos anos participou de oficinas de pandeiro, caixa, djambê, de ritmos afrobrasileiros (ijexá e pontos de candomblé), confecção de Caixas do Divino (Jequitinhonha) e workshops relacionados à organicidade Corpo-Voz.

    SERVIÇO

    O que: Música no Lago – Apresentação de Samba Café Livre
    Quando: 25 de maio – quinta-feira
    Horário: 12h30 às 13h30
    Onde: Laguinho da UFSC – Campus Trindade
    Gratuito e aberto ao público 


  • Distribuição de ingressos para o Show The Platters no dia 3 de maio

    Publicado em 28/04/2017 às 09:30

    The PlattersA Secretaria de Cultura e Arte da UFSC – SeCArte comunica que serão disponibilizados no dia 03/05/2017 (quarta-feira), a partir das 08h30, na varanda da entrada principal do Centro de Cultura e Eventos (piso térreo), 100 (cem) ingressos cortesia para os estudantes da UFSC, referente ao Show The Platters, previsto para o dia 06 de maio, no Auditório Garapuvu do Centro de Cultura e Eventos da UFSC.

    Os ingressos serão concedidos mediante entrega do atestado de matrícula impresso e atualizado (mês de maio), constando que o aluno está regularmente matriculado e apresentação da carteira de identidade (RG) do estudante. Serão disponibilizados 100 (cem) ingressos distribuídos por ordem de chegada. Cada estudante tem direito a retirar 1 (um) ingresso. Não será permitida a retirada de ingresso com documentação de terceiros.

    Informamos ainda que, os Shows pagos não são produzidos pela UFSC, havendo apenas a cobrança do aluguel referente ao espaço. A contrapartida para a UFSC se dá pela liberação dos 100 (cem) ingressos aos estudantes e da integralidade do valor do aluguel deste espaço que vem a ser utilizado em Projetos Culturais e manutenção do Centro de Cultura e Eventos, conforme o Edital 005/SeCArte/2016.

    Serviço:

    O que: Distribuição dos ingressos cortesia – Show The Platters
    Quando: 03/05/2017 – quarta-feira
    Horário:
     08h30 – por ordem de chegada
    Onde: varanda da entrada principal do Centro de Cultura e Eventos (piso térreo)
    Informações: Departamento de Cultura e Eventos – DCEven – 3721-3858


  • Projeto Música no Lago estreia dia 27 de abril com Jéferson Dantas e Pablo Mizraji

    Publicado em 24/04/2017 às 10:12

    milonga_urbana JefersonNa quinta-feira, dia 27 de abril, às 12h30, no laguinho da UFSC, acontece a primeira apresentação do Música no Lago de 2017. Nesta edição, o projeto recebe Jéferson Dantas e Pablo Mizraji. A dupla, que começou a parceria em 2010, fará uma apresentação com canções consagradas da MPB e algumas canções autorais.

    Sobre os artistas

    Jéferson Dantas é professor do Departamento de Estudos Especializados em Educação da UFSC, canta e toca violão e apresenta-se de maneira eventual em bares. Lançou o álbum “A cada manhã”em 2013, com o grupo “Casa da Ginga”, com 12 canções autorais e vinculadas à MPB. Pablo Mizraji estuda Ciências Sociais na UFSC, toca percussão e bateria, se apresenta com grupos musicais na Ilha de Santa Catarina e com Jéferson. 

    Sobre o projeto

    Música no Lago tem como finalidade a socialização e a integração de alunos, professores, funcionários e a comunidade externa, contribuindo para um ambiente propício à convivência, à liberdade de expressão, ao respeito à diversidade e contribuindo para a melhoria da qualidade de vida na UFSC. O Projeto é uma iniciativa da Secretaria de Cultura e Arte da UFSC e Departamento de Cultura e Eventos (DCEven), com  apoio do Departamento Artístico Cultural (DAC) em parceria com o Projeto 12:30.

    SERVIÇO

    O que: Música no Lago – Apresentação de Jéferson Dantas e Pablo Mizraji
    Quando: 27 de Abril – quinta-feira
    Horário: 12h30 às 13h30
    Onde: Laguinho da UFSC – Campus Trindade
    Gratuito e aberto ao público